sábado, 17 de dezembro de 2011

PROVA-SE

A prova prova sua propria prova,
Mas está desprovida de provas materiais,
Então...
Como provar materialidade que prove a prova cabal?

Reprova a prova que foi apresentada.
Sem sustentabilidade, tenta-se provar o improvável:
Se prova meterial não há, por que provar que há uma prova imaterial?

Imateria, material quer ser.
E o que se tem?
Matérias abstratas, portanto, falsas?

O que é real?
Prova provada ou prova por provar?
E por que provar a matéria real?
Abstração real?
Ou real abstração?!

Quer-se uma prova viva ou morta!
Para talvez forjar de fato sentimentos que de tão reais parecem de mentira...
Por que se quer ter materialidade daquilo que sinto,
Do que não se pode provar mais se quer provar,
Uma prova cabal, mesmo que forjada, que lhe diga o quanto te amo.

Será que preciso provar mais alguma coisa?

4 comentários:

Valéria Sorohan disse...

Está provado e aprovado. Belo jogo de palavras.

Um beijooO*

Tony disse...

É melhor não tentar provar nada. Se pensas existes.
abraço Daniel

J. Neto disse...

@daniel Moraes

Eis aí o cara que já mudou mil e umas vezes de blogs rss... Mas, o bom é que a boa escrita permanece né?

Parabéns Daniel! Tenho vindo pouco, mas sempre que dá passo pra te ler. Boas festas e um ótimo 2012 pra você cara!... Você merece! :)

Abraços!

Neto disse...

Rapaz, teu aniversário passou e eu esqueci de te deixar os parabéns. Foi mal, desculpa aí!

Abraço!